Sobre o autor

Troquei a Teologia pelas Ciências da Religião, a apologética pela crítica, o servil arbítrio pela liberdade intelectual. Interessa-me compreender o comportamento do homem em face do sagrado. Carne, sangue, suor e lágrimas, tudo que é vertido em nome dos deuses me chama a atenção.

Minhas críticas à religião situam-se do lado de fora dos templos. Elas vem das tavernas, embriagadas da lucidez, o vinho da dor. Persigo as controvérsias do sagrado, pois bem sei do que os deuses são feitos. Como bem disse Heráclito, “Os homens são divindades mortais, e os deuses dos homens, imortais vivendo de nossa morte, morrendo de nossa vida.”

 Mailson Cabral

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: